Nov 20, 2012

já não era ficção científica, mas agora é de qualquer um

ok, o reconhecimento de faces já está disponível para o comum dos mortais, e para ser utilizado como ferramenta de identificação, rastreio e armazenamento de dados relativos à compra. O que esta ferramenta traz de novo à analise de tickets é, literalmente, atribuir-lhe um rosto, já não é uma pessoa qualquer, é aquela pessoa, única e exclusiva!

a verdade verdadinha é que os cartões de fidelização já nos davam os dados que o reconhecimento facial anuncia agora; mas, também é verdade que estes cartões podem ser partilhados entre pessoas, e as marcas só conseguiam identificar o cliente depois da compra!

o que esta ferramenta acrescenta é que permite conhecer o histórico do cliente sempre que este visita a loja mesmo que não compre! por exemplo o número de vezes que teve de visitar a loja para ver um televisor até o comprar! quem diz televisor, diz carro, diz outra coisa qualquer; para além disso, não pode ser partilhado! e por isso quem compra o quê, quando e como, por exemplo dentro de uma mesma família, passa a ser possível.

fãs do "1984" comecem a tocar as sinetas, o big brother pode ser a nossa marca preferida ;)



ir para fonte

No comments:

Post a Comment