Dec 23, 2012

imagine

esta campanha "Imagine", trabalho da agência Blattner Brunne para a Lego, resulta naqueles que são, para mim, dos melhores anúncios impressos de sempre! captura o insight na perfeição, comunica de uma forma simples, coerente e deixa-nos com uma sensação de familiaridade impressionante; nós sabemos perfeitamente do que se trata!

esta campanha funciona porque percebe o que é a imaginação e declina esse significado numa ilustração limpa e directa; nada interfere entre o significado e a mensagem;
"the autonomy of imagination is an autonomy of freely projecting and of freely contemplating a proliferation of pure possibilities (...) it is by autonomous imagining that consciousness comes to know itself in its multifariousness (...). Imagination multiplies mentation and is its freest form of movement." (1)
dito de outra forma
“a imaginação não se limita a produzir conteúdos imagéticos que enriquecem a ligação entre a percepção e a compreensão (o entendimento), mas também estimula e enriquece a experiência, ajudando-a a “ler” os acontecimentos e a utilizar bases alternativas para a acção” (2).


























nota: para os interessandos, sugiro os posts "criatividade e prazos" parte 1 e parte 2.

(1) Prado, C. (1984). Making believe: Philosophical reflections on fiction. London: Greenwood Press.
(2) Mendes, J. (2001). Porquê tantas histórias: O lugar do ficcional na aventura humana. Coimbra: Minerva Coimbra.

No comments:

Post a Comment