Dec 6, 2012

porque é que um anúncio se torna viral - 2ª parte

na primeira parte deste post (ver aqui) deixei-vos com um excelente video da Harvard Business Review sobre o que torna um anúncio viral ou não. Parece-me interessante deixar-vos também com outra forma de materializar o mesmo. No capitulo "Basics of Social Media Content" do livro "Secrets of Social Media Marketing" Gillin explica-nos o que é para ele a fórmula de sucesso do marketing viral:

"keep it simple + make it personal + give people a reason to pass it on" 

1. "Keep it simple", ou seja, uma só mensagem. Esta é uma regra de ouro em qualquer suporte utilizado na publicidade. Diria que é a condição básica, sine qua non. Simples em todas as dimensões, na mensagem, mas também no tempo. Lembro que no video da HBR eram claros: "people get bored right away".

simples e eficaz :) este video da Nike (que não o reconheu oficialmente) conseguiu 34 milhões de "social views" (1) (2).

 

2. "Make it personal". A palavra chave aqui é relevância! se uma coisa me desperta o interesse e tem tudo a ver comigo e com a minha "tribo" (para usar o termo de Seth Godin), porque é que eu não o hei-de querer partilhar e que os outros vejam? relevante não para a marca!! relevante para quem vê. Mais uma vez, nas palavras de Seth Godin "what people really want is the ability to connect to each other, not to companies" (via). De onde julgam que vem o sucesso do Facebook?

se as pessoas querem a estar juntas, a campanha da Xbox junta a família! não tendo sido os pioneiros neste isnight (mas sim a Wii), este anuncio chegou aos quase 48 milhões de "social views" (2) (até Jul de 2012).



3. "Give people a reason to pass it on". Nem que seja porque é engraçado e faz rir (muito). Afinal os videos de gatinhos a fazer coisas engraçadas, a par de bébes a rirem-se, são normalmente os videos com maior numeros de visualizações. Nas palavras de um recente artigo da AdWeek, "You'll laugh, you'll cry. But most of all, you're likely to share" (via). Se olharem para as várias listas de videos mais partilhados de sempre vão ver que no top 20 raramente aparece o video de uma marca. Acontecimentos do quotidiano com piada e musica ganham a milhas qualquer um dos anuncios de marcas mais visto. E quando os anuncios de marcas atingem valores de visualizações gigantescos, é porque nos tocam.

um excelente exemplo? a campanha "Dove - Pela Beleza Real" com o vídeo "Evolution (Dove Soap)": Em Julho de 2012 já acumulava 36.6 "social views" (2)



para quem estiver interessado, a Unruly Media é a responsável pelo "Global Viral Video Chart". Têm índice global e por categorias muito bem actualizado. 

(1) fonte: The 10 Most Ripped-Off Viral Ads Of All Time, Business Insider.
(2) Digital video analytics and advertising firm Visible Measures combed the Internet to find which ads were ripped, copied, mashed-up, re-mixed, and parodied the most times in the history of the Internet. Visible Measures then ranked each of these ads according to number of views the copied and derivative videos received.

No comments:

Post a Comment