Dec 4, 2012

princípios da comunicação

Watzlawick foi um dos notáveis da Teoria da Comunicação. Na sua principal obra "Pragmatics of human communication" (1) definiu cinco axiomas básicos ao funcionamento do processo de comunicação, sendo que, se um destes axiomas é "perturbado", toda a comunicação pode falhar

se a nossa área de trabalho é a comunicação, eu diria que seremos tanto melhores quanto melhor usarmos estes axiomas para conseguir uma comunicação eficaz. Este post é uma espécie de teaser para a leitura da obra, na minha opinião, obrigatória ;) 

axioma 1. Não se pode não comunicar. Numa interacção todo o comportamento tem valor de mensagem. Porque o comportamento não tem negação (não existe um anti-comportamento), não é possível não se comunicar. Pode-se comunicar a intenção de não comunicar não emitindo mensagem nenhuma, mas a ausência de comunicação, é, de todo, impossível (e uma mensagem em si prórpria)

axioma 2. Toda a comunicação processa-se a dois níveis, nível de conteúdo e nível de contexto/relação: isto significa que toda a comunicação inclui, para além do significado das palavras, mais informações - informações sobre o modo como quem comunica quer ser entendido e como ele vê a sua relação com o receptor da informação. O conteúdo está relacionado com "o que é dito", o contexto com a forma "como é dito". Negligenciar qualquer um destes níveis no planeamento da comunicação de uma mensagem pode ser desastroso

axioma 3. A natureza de uma relação depende da forma como ambos os parceiros pontuam as sequências de comunicação. A comunicação pode ser vista como uma sequência ininterrupta de trocas; a pontuação é responsável pordar estrutura e sentido à comunicação, assim como é perfeitamente arbitrária. O desacordo sobre a forma de pontuar uma sequência de factos está, muitas vezes, na origem das más interpretações, falta de compreensão da mensagem, etc

axioma 4. Os seres humanos comunicam de forma 01100100 01100101 00100000 01100110 01101111 01110010 01101101 01100001 00100000 01100100 01101001 01100111 01101001 01110100 01100001 01101100 00100000 01100101 00100000 01100001 01101110 01100001 01101100 11110011 01100111 01101001 01100011 01100001 [tradutor] O processo de comunicação não envolve apenas as palavras faladas (comunicação digital), mas também a componente não-verbal (comunicação analógica). A codificação digital refere-se à representação por um nome onde: há uma arbitrariedade na relação significado / significante; é utilizado um sistema simbólico convencional e com uma sintaxe complexa. A codificação analógica refere-se à representação pela semelhança, por exemplo, a zanga pode ser expressa por uma dureza no tom ou elevação do nível da voz, face vermelha, etc

axioma 5. Qualquer comunicação pode ser definida como sendo simétrica ou complementar. A comunicação simétrica define uma relação baseada na igualdade, os parceiros têm a mesma posição e fazem a mesma coisa (comportamento em espelho), por exemplo relação prof./prof. ou aluno/aluno. A comunicação complementar é baseada na diferença, os parceiros têm posições complementares (one up ou one down), por exemplo, relação prof./aluno ou médico/doente.

espero que tenha conseguido despertar o interesse para a leitura da obra... 

(1)  Paul Watzlawick; Janet Beavin Bavelas; Don D Jackson (1967). Pragmatics of human communication; a study of interactional patterns, pathologies, and paradoxes. New York, Norton 

No comments:

Post a Comment