Dec 8, 2014

nem tudo o que reluz é ouro (2)

o post "nem tudo o que reluz é ouro" (ver aqui) era dedicado à conclusão de que: o tráfego humano na web representa apenas 40% do tráfego total na rede; os restantes 60% são "causados" por boots sejam eles bons ou maus

os resultados do estudo mais recente da Google - "The Importance of Being Seen" - vêm atirar mais uma pedra ao charco do digital: 56,1% da publicidade que é apresentada nas plataformas da Google não é na realidade vista pelos utilizadores, basicamente porque aparecem fora da janela do navegador (ver estudo completo aqui)

e a conclusão é que o posicionamento e o formato do anúncio numa página Web fazem toda a diferença (claaaaro!!!)

assim sendo a Google aproveitou para deixar algumas dicas importantes, ainda que algumas delas já sejam do conhecimento de quem trabalha na área: a posição do anúncio na página faz muita diferença, com destaque para os banners que aparecem no último ponto visível da página, antes do scroll; o formato e tamanho utilizado também influênciam aa visibilidade do anúncio, sendo os formatos verticais os que apresentam melhor taxa de visualização; e o tipo de publicação em que o anúncio aparece, com os sites de comunidades online e os sites de jogos online com as melhores taxas de visualização



obrigado Google por seres tão amiga dos anunciantes [sarcasmo -.-''''] que forma tão top de concentrar o interesse dos anunciantes numa posição(ões), e com isto aumentar drasticamente o valor dessa(s) posição(ões)...

Nov 28, 2014

a verdade, só a verdade, e nada mais do que a verdade

a primeira vez que escrevi sobre este vídeo foi em 2009, num blog que mantinha na altura. Dei novamente com ele no meu research sobre o storytelling


é um vídeo que conta a história do processo de criação de uma campanha de marketing, entre briefings e debriefings. Com uma pequena grande diferença: as pessoas dizem o que pensam e não aquilo que deveriam dizer! não deixa nunca de me fazer rir :))

e como acho que às vezes (poucas) também nos devemos rir de nós próprios, aqui fica ele:



disclaimer: o problema não está nas pessoas dizerem o que pensam, está em não pensarem no que dizem! #DixIt

Nov 2, 2014

a arte de contar uma história e a construção de marca

a Skype sabe que é muito mais do que uma plataforma para as pessoas conversarem de forma rápida e simples. Entende que o valor real da sua tecnologia está nas relações humanas, ao juntar as pessoas


este insight é poderoso e a chave para o sucesso da nova campanha, que dá um passo de gigante na comunicação da marca

e para entenderem porque é que é um salto de gigante, primeiro têm mesmo de ler este artigo do Marcelo Lourenço, director criativo da Fuel Lisboa: "Cannes 2014 resumido em duas palavras: “technology” e “storytelling”"

tradicionalmente a Skype tem optado por campanhas com anúncios "explicativos"/"informativos" (a explicar funcionalidades da plataforma, fundamental quando se apresenta uma tecnologia nova) ou com anúncios "divertidos", com base no "humor" para mostrar como a tecnologia é divertida e fácil

ao aplicar o conceito de "Storytelling" à sua nova campanha a Skype pode finalmente materializar este insight, falar do que realmente importa, e construir marca. À lista de campanhas do artigo do Marcelo, juntava claramente esta

vejam o case:



como tive a oportunidade de ouvir esta semana numa apresentação pela Ogilvy, a forma perfeita de "market the brand and integrate the product" =D o que acharam?

Oct 26, 2014

humor no lugar errado?

"Come a Little Closer", ou "aproxime-se um pouco mais" em tradução livre, é o que diz o outdoor para a empresa de serviços funerários "Bergmann & Sohn"

e se tentarem realmente chegar um pouco mais perto do anúncio, provavelmente vão mesmo precisar dos serviços funerários da marca. Não podemos dizer que não seja criativo, mas está no limite!

as duas faces da moeda: e se alguém tivesse MESMO morrido à conta do anúncio? por outro lado, podiam ter colocado o copy num tamanho de fonte ainda mais pequeno, para obrigar a pessoa a aproximar-se mesmo para ler.

o que acharam?

Sep 11, 2014

rebranding e a mesma história de sempre

estava a ler o artigo "When to rebrand: Malaysia Airlines Casestudy" (link) e achei que tinha tudo a ver com o cartoon mais recente do Tom Fishburne (aka "the marketoonist):



como tudo na vida, o rebranding ou o remodeling não é bom ou mau "à cabeça". É bom quando serve para reforçar a alteração do posicionamento da marca, é bom quando serve para apresentar uma alteração importante no produto ou serviço, é bom quando acompanha uma inovação de ruptura... É mau, sempre que serve de fachada para a "mesma história de sempre"

a história de uma marca (e consequente envolvimento emocional do cliente com ela) constrói-se na cabeça do consumidor, "day by day". O rebranding não constrói uma história por si só, tal como o logo, assinatura ou tag line não são a marca

nas palavras do autor do cartoon:
"A company doesn’t own a brand. It’s consumers do. Giving a brand a new coat of paint (or dressing it in sheep’s clothing) won’t change consumers feelings and expectations of a brand." (Marketoonist)
sugiro mesmo a leitura do post que acompanha o cartoon, aqui 

Aug 19, 2014

como seria o melhor anúncio de sempre para uma marca de protector solar?


para mostrar o verdadeiro efeito do sol na pele, invisível a a "olho nu", e apelar à importância da utilização de protetor solar, o realizador Thomas Leveritt criou o vídeo "How the sun sees you"

com quase 10 milhões de visualizações mostra como as pessoas se vêem sob luz ultravioleta... e descobrem "marcas" na pele que nem sabiam que tinham e todo o poder de bloqueio dos raios UV de um protector solar


impressionante! e provavelmente o que seria melhor anúncio de sempre para uma marca de protector solar, não concordam?

Jul 31, 2014

o "welcome kit" da Ogilvy aos novos colaboradores


todos concordam que os colaboradores são os primeiros e dos mais importantes embaixadores da marca... porque se eles não falam bem da marca, quem vai falar? O marketing interno é por isso demasiado importante para ser deixado ao acaso

a pensar nisso, a Ogilvy & Mather implementou este kit de recepção aos novos colaboradores da empresa. Criado pela RedWoks (a mais recente unidade do grupo) tem como objectivo reforçar os valores da empresa junto de todos que integram a equipa

nas palavras dos próprios:
"Ogilvy RedWorks Cape Town was tasked to package a few induction items, including “The Eternal Pursuit of Unhappiness”, we took it a step further and asked how do we get new employees to actually read the book and take note of Ogilvy’s rich heritage? Our answer - make it tangible. The Ogilvy Induction box is thus a visual representation of the 8 creative habits, rich in history made relevant today. Every new employee has the opportunity to embrace these values, everyday." (fonte)





excelente trabalho, não acham?

Jul 21, 2014

um saco social(mente responsável)

as ações de responsabilidade social crescem como cogumelos no mundo digital; o próprio nome se dá a isso, as redes são "sociais" e o próprio nome do canal é social ("social media"). Sejam likes por euros, hashtags por visibilidade, ... o canal parece perfeito para gerar envolvimento sem muito esforço (o que me parece contraditório no final, porque o verdadeiro envolvimento implica sempre esforço e empenho). Por tudo isto, apeteceu-me mostrar uma acção simples e bem analógica (por oposição a digital).

o estúdio de design "Waarmakers", sediado em Amesterdão, propôs uma excelente solução para permitir que as pessoas possam dar todas aquelas coisas que já não precisam e ​​que ainda estão em boas condições. Para isso criaram um saco transparente com um naming claro para indicar que quem quiser os pode levar: "Goedzak" significa "benfeitor", e combina as palavras holandesas para "bom" e "saco".

para usar estes sacos basta deixa-los na rua, mantendo-os limpos e secos. Como são transparentes as pessoas que passam podem ver se o saco tem alguma coisa que lhes interessa, e leva-lo. Afinal, não é por ser analógica que requer muito mais esforço =DD

o projeto tem como objetivo reduzir a quantidade de lixo e coisas que as pessoas tendem a deitar fora, e introduzir um método "socialmente mais responsável" de dar o que não se quer a outras pessoas que precisam





#ClapClap não acham?

Jul 6, 2014

as redes sociais [não] influenciam a decisão de compra

de acordo com "Gallup's State of the American Consumer Report" intitulado "The Mith of Social Media", e que entrevistou 18 mil americanos, a maioria dos consumidores, 62%, diz que as redes sociais como o facebook ou Twitter não têm qualquer influência sobre suas decisões de compra:
 
são dados um bocado desconcertantes para quem está no negócio de marketing. Ou então não! A opção será desistir? Não! claro que não. É verdade que, muitas vezes, os consumidores não são os melhores em reconhecer o que os influência para comprar coisas, nem as marcas em ler o que eles nos querem dizer (mas isso é outro tema...)

acho que fica o aviso à navegação, porque se no limite estes dados até retratam bem o estado da coisa, então a conclusão é mesmo que as marcas não estão a fazer aqui um bom trabalho. Porque se um meio tão poderoso como as redes sociais não influência o comportamento de compra, então é porque não está a ser bem usado

as marcas precisam mudar a forma como estão nas redes sociais. Muitos anunciantes têm vindo a tratar as redes como plataformas de publicidade tradicionais, negligenciando a essência, e potencial, do "social": as pessoas a falarem com pessoas.

o que acham?

podem encontar o resumo do report aqui

Jun 26, 2014

control quer ajudar a dar 5

em dia de Jogo Portugal-Gana, e numa fase decisiva da participação da selecção nacional no mundial 2014, a Control manda mensagens de incentivo aos “jogadores”, dentro e fora de campo numa campanha provocadora com assinatura da Fischer+Bus























estas campanhas em tempo real estão cada vez mais apuradas e certeiras. Gosto. E vocês, o que acharam?

Jun 25, 2014

[UPDATE] "queres ser o próximo diretor criativo do Pornhub?"

no post inicial "queres ser o próximo diretor criativo do Pornhub?" (ver aqui) dava conta não só da campanha, mas também dos 15 finalistas

agora, o vencedor anunciado =D a peça chama-se “All You Need Is Hand” e o criativo que lhe deu origem Nuri Gulver, de 24 anos, originário de Istanbul, Turquia

nas palavras de Corey Price, vice president do PornHub
“We received an overwhelming amount of responses, which made it incredibly difficult to pick a winner (...) In choosing a winner, we were keen on picking an idea that was catchy and could be rolled out as a full multi-media campaign. We found Nuri’s ‘All You Need is Hand’ idea to be just that. The concept is smart, relatable and it has potential to work across all advertisement platforms. We’re thrilled to announce Nuri as the winner and are looking forward to working with him to roll out the industry’s first mainstream ad campaign.”
























a empresa selecionou ainda dois "vice" e uma menção honrosa a partir dos quinze finalistas, umas das quais a que eu escolhi (ver aqui)

vice 1: “The World’s Biggest Archive of Nothing” — de Marcin S. and Piotr C.  





















vice 2: “America’s Largest Do-It-Yourself Website” — de Paul Livornese 





















menção honrosa: “All You Need is a Connection” — de Max Sherman



o que acharam da selecção de vencedores?

Jun 24, 2014

onde queres almoçar?

estava no escritório quando me mostraram este desenho! e quando o vi, ganhei o dia =DD

quando esta é a reposta à pergunta "onde queres almoçar?" =DDD sabemos que estamos a fazer um bom trabalho =PP #PizzaHutPortugal 























obrigado à NT pela partilha do desenho do filho

Jun 21, 2014

a Custo, vai ao Lidl

toda a gente conhece a Custo Barcelona, certo?




















e toda a gente conhece o Lidl, verdade?




















e agora pergunto, o que é que estas duas marcas têm de comum?

eu diria que rigorosamente nada...

mas, afinal, têm uma coleção de roupa: a "Growing by Custo" desenvolvida exclusivamente para o Lidl

OMFG.




































este movimento, para mim, é surpreendente (e não no bom sentido)!! o universo do Lidl não tem nada a ver com o da Custo: as marcas oferecem produtos diferentes, têm estratégias de pricing diferentes, dão experiências de consumo diferentes, têm valores e associações diferentes e estão em indústrias completamente diferentes

mas não é mau de todo... esta estratégia de co-branding, aos meus olhos, só não faz sentido do lado da Custo. Eu entendo a perspectiva do Lidl e de como a marca está a tentar oferecer roupas de qualidade, tais como as da Custo, a preços mais baixos. Faz sentido

mas não o contrário. A Custo está a tentar chegar a um leque mais amplo de consumidores, mas são consumidores que dificilmente vão trazer valor acrescentado à marca... As roupas criadas para o Lidl são mesmo muito mais baratas do que as roupas normais nas lojas da marca. Um vestido Custo no Lidl custa 17,99 €, enquanto um vestido Custo Dalmau pode custar entre os 65 € e os 250 €. O que é que a marca e o consumidor padrão da Custo ganham?

aqui entre nós, só vejo que a Custo ganhe numa espécie de negócio entre departamento de compras... com a coleção vendida à cabeça ao Lidl, estando do lado do Lidl o "esforço" de escoar a coleção; é dinheiro em caixa para a Custo, à conta de um arranhão (bem grande) na marca...

a Custo deveria ter procurado uma marca com a qual partilhasse um universo semelhante e com a qual fosse possivel criar associações mais relevantes. O Lidl sai melhor da figura que a Custo, digo eu. O que acham?

Jun 10, 2014

"queres ser o próximo diretor criativo do Pornhub?"

o Pornhub é o site nª1 de conteúdo para adultos, um "equivalente" ao Youtube com vídeos exclusivamente pornográficos
















"queres ser o próximo diretor criativo do Pornhub?" foi a forma que este sítio online encontrou para desafiar os criativos de todo o mundo para a criação de uma campanha ‘safe for work’ (SFW) que não mostre conteúdo explícito e possa ser divulgada em outdoors, revistas e na web

o tema é sensível, tabu, como reconhece a direcção do Pornhub! mas mais de 35 milhões de pessoas visitam diariamente o Pornhub, e o desafio é chegar a ainda mais milhões

para isso, esteve no tumblr pornhubcampaign.tumblr.com a receber propostas de ideias criativas para a campanha. Ganhar este desafio significa mesmo ir trabalhar com a equipa de marketing do sítio online para criar a próxima campanha exterior

foram já anunciados os 15 finalistas =D que podem encontrar aqui. Deixo-vos com uma das minhas propostas preferidas






































uma acção simples e inteligente, porque ainda antes de a campanha "final" sair, e toda a gente fala no Porn Hub, em ambiente SFW =D Bem pensado, bem executado. O que acharam?

Jun 3, 2014

a tabela periódica do "Content Marketing"

sendo eu um "visual thinker" tinha de vos trazer esta ferramenta: a tabela periódica do "Content Marketing"

principalmente pela sistematização, pelos eixos que escolheram para a organização da informação: estratégia, formato, tipo de conteúdo, plataforma (rede social), métricas, objectivos e elementos desencadeadores da interacção/partilha. São sem dúvida os pilares que garantem uma gestão eficaz de uma marca na web

The Periodic Table of Content Marketing, by Chris Lake.

The Periodic Table of Content Marketing

obviamente não é perfeita, nem tem essa pretensão! mas vale bem a partilha. O que acham?

May 29, 2014

e a marca mais reputada para 2014 é...

saiu a 4ª edição, o MRI - Marktest Reputation Index, um estudo da responsabilidade da Marktest e que tem como objetivo estudar e avaliar os níveis de reputação das marcas presentes no nosso mercado















e como o que é bom deve ser comemorado, ainda mais quando é sobre gestão de marcas como mandam as regras, e o fora da caixa =DD qual é a marca na categoria de fast food mais reputada em Portugal?



deixo-os o link para a noticia original aqui. São boas notícias =D 

May 25, 2014

uma selfie para uma internet mais segura

na era da selfies as pessoas expõem-se cada vez mais, mas isso não é um problema em si. Agora, é verdade que essas fotos podem facilmente ficar acessiveis na Internet, sem que as pessoas se apercebam. Diria que a grande maioria dos casos, sem qualquer efeito negativo. No entanto, nem sempre é assim, e há um target particularmente "sensivel" aqui, as crianças e os pré-adolescentes. A pensar nisso a associação brasileira SaferNet Brasil, pelas mãos da agência Propeg, criou uma campanha impressa que procura alertar para a facilidade com que essas imagens se podem espalhar

















os desafios na publicidade impressa prendem-se sempre com o facto de termos, de uma só vez, contar uma história que posicione o produto ou o serviço. São muito célebres os textos do David Ogilvy sobre o poder um um copy longo na publicidade impressa. É evidente que conseguindo que o leitor comece a ler, os beneficios de poder contar em texto uma história são enormes

o que eu gostei nesta imagem? a forma como conta, de forma visual, uma história. É evidente, é directa, a mensagem passa de uma só vez e de forma impactante. Mas... podia ter ficado muito, muito melhor! como? se tivesse usado na imagem o target a quem se destina, isto é, as crianças e os pré-adolescentes! porque uma criança ou pré-adolescentes que veja esta imagem não se vai identificar, vai dizer que "isso é coisa de adulto" e por isso "não tenho de me preocupar". Por sua vez o adulto vai olhar para esta imagem e dizer, "eu sou grande e sei cuidar de mim". Experimentem imaginar em vez da senhora um/a criança com os seus 10 - 12 anos, e do outro lado do espelho.... uma série de personagens suspeitas. O que vos parece?

May 22, 2014

premium low cost e alhos com bugalhos

faz tempo que foi lançada pela Best Travel uma campanha que introduz um posicionamento verdadeiramente inovador: o "premium low cost"

























e é tão inovador... como mau! mau porque não comunica verdadeiramente nada, afinal o que é uma coisa "premium mas barata"? e mau porque atira pedras a ambos os posicionamentos "premium" e "low cost", ao confundir tudo, nomeadamente a cabeça dos clientes

e lembrei-me de falar disto, porque a Seat acabou de fazer exactamente a mesma asneira, apesar de não usar o termo... mas mais valia. Numa campanha recente, e com bastante visibilidade exterior, lançaram o modelo Seat Ibiza FR, por apenas 15.600eur, chave na mão

























para quem não sabe, o "FR" é o modelo de topo da gama Ibiza! é como o Cupra para a gama Léon. Com todos os luxos e um motor que faz efectivamente as delícias dentro do segmento. Diria eu, o modelo premium da gama Ibiza. E o que é este "FR por 15 600 euros"? é o premium low cost =DDD ora, por fora é igual ao original, por dentro tem um "motorzeco" de 85 cavalos #LOL

agora digam-me, quem tem um verdadeiro "FR" como vai ficar ao ver isto? mais uma pedrada no "premium". Eu agora nunca compraria o original sabendo que andam para ai "FR's aldrabados". E por isso o titulo de "alhos com bugalhos"... que confusão

agora, a genialidade da Seat pode estar precisamente noutro lado, ao criar um modelo para um target que gosto de caracterizar como "quem quer mas não pode", e que em portugal deve ser significativo! já estou a ver "olhem para mim com um modelo TOP, olhem é um FR =D"... só não puxem é muito por ele na estrada =DD

comparando, era a mesma coisa que a LV a lançar um modelo de mala barato, uma coisa tipo premium low cost, para fazer concorrência às imitações chinesas #LOL estão a ver o que ia acontecer a quem realmente paga milhares de euros por uma LV não estão?

como já dizia o Diácono Remédios "não havia necessidade", não havia mesmo necessidade de andar a destruir posicionamentos, para em troca deixar esta confusão. Se fosse baralhar para dar de novo, mas com sentido? tudo bem! agora assim?

May 20, 2014

Puma 'HardChorus'
















em época de mundial, e numa altura que só se fala em bola, pedia-se este "repost". A ação é da PUMA, de 2010. Mas como referência criativa esta acção merece palmas: "let yout better half know how you feel"

para celebrar o dia dos namorados, e para mostrar que futebol e namoradas podem e devem ser celebrados em conjunto, a PUMA filmou no "The Pub Beehive" em Tottenham, um grupo de verdadeiros adeptos do clube local a cantar o "Truly Madly Deeply" dos Savage Garden, musica que dedicavam às suas namoradas



a acção é forte não é? a PUMA acertou em cheio no target, respeitando a cultura e todo o ambiente que rodea o futebol, não deixando ninguém de lado. Uma serenta pouco tradicional, verdade, mas bem impactante, não concordam?

vamos ver o que aparece neste mundial, mas estou com muitas expectativas =D

May 12, 2014

se o cliente não percebe, a culpa só pode ser dele

numa das minhas pesquisas habituais cruzei-me novamente com este cartoon... não resisti a partilhar aqui, pela relevância




















se o cliente está confuso, não percebe, e por isso não compra, a culpa só pode ser dele =DDD já estou a imaginar, se pudesse pôr um balão de pensamento no cliente, "e o burro sou eu?!" se os medicamentos têm bula, porque é que os produtos não podem ter o briefing criativo anexo? sucesso garantido! #LOL

sátira à parte, fica o cartoon para a reflexão! e antes de cada campanha volto a ele para ter a certeza que depois não tenho mesmo de anexar o briefing à embalagem =D

May 1, 2014

"'Not On App Store", um autocolante para as coisas que não podem ser instaladas

"Not On App Store" é um autuocolante que serve como um alerta de que "as coisas mais importantes na vida não estão na App Store"

projectado para se parecer com o logo da Apple "Disponível na App Store" , o autocolante também é uma sátira, e das boas, à nossa actual dependência da tecnologia e dos smartphones

o autocolante tem o preço de $1 cada (tudo tem um preço... até um autocolante para chamar a atenção para as coisas que realmente importam)... ou pode-se fazer "em casa" com o modelo fornecido aqui.






















é mais um aviso à navegação, que combina sátira e criatividade numa receita que funciona =D que acham?

Apr 28, 2014

Leica faz o anúncio mais aborrecido de sempre

a Leica faz o anúncio mais aborrecido de sempre para provar a qualidade artesanal dos seus produtos. O anúncio começa mesmo com a pergunta: "Is this the most boring film ever made?"
















e ao minuto 2 e qualquer coisa a resposta já parece obvia: "you can continue and enjoy the 42 minutes of obsessive german craftsmanship". Vejam o vídeo... até onde conseguirem :) e digam-me o que vos parece!


Apr 25, 2014

firmá una teta, contra el cancer

a associação "Movimiento Ayuda Cáncer de Mama (MACMA)" lançou a campanha online "Firma una Teta" para recolher assinaturas para a criação de uma declaração dos direitos das mulheres na América Latina no âmbito do cancro da mama, em concreto:

"tu firma nos ayuda a llamar la atención de los líderes del Gobierno, responsables de las políticas de salud y la sociedad en general, a crear conciencia sobre la creciente crisis del cáncer de mamá y de cuello de útero"(via)

a idéia é como todas as ideias boas, simples! O MACMA convida os utilizadores a entrar no site www.firmaunateta.org e colocar a sua assinatura numa mama. Basta carregar o nome, o país onde mora e o e-mail. O aplicativo devolve uma imagem do decote de uma mulher com o nome da pessoa que se juntou à campanha assim como os dois botões, um para Facebook e um do Twitter, para partilhar a imagem com os amigos


























lançada à apenas alguns dias na web tornou-se imediatamente viral na América Latina: mais de um milhão e meio de pessoas já se uniram a esta campanha. A ideia é simples, mas extremamente criativa, porque pega num cliché até bastante sexista e o usa para dar visibilidade a um assunto sério e muito importante! clap clap para a ideia

eu já tenho a minha bem "firmada", e vocês, já assinaram?

Apr 20, 2014

um filme anti-bullying que fica mais curto de cada vez que é partilhado

para combater o bullying, a associação sediada em Singapura Coalition Against Bullying for Children and Youth (CABCY) lançou um filme de animação que fica menor a cada vez que ele é partilhado 











 




























intitulado Share It to End It, o vídeo conta a história de um rapaz que está sendo intimidado na escola. Originalmente com 100 segundos de duração, ele fica mais curto um milésimo de segundo cada vez que é partilhado por alguém no Facebook
 

segundo a descrição do filme, a idéia é fazer com que todos tomem consciência sobre o bullying, e ao falar sobre isso, ajudar a acabar com o problema
 

ação criada com a ajuda da JWT Singapore

clique
aqui para assistir e partilhar o filme. Uma excelenta acção, que usa de forma muito criativa, para passar a mensagem, uma das ferramentas mais conhecidas do facebook, a "partilha"