Nov 26, 2015

tatuagens electrónicas: the next big thing

esta é fase do ano que o boom de textos e posts sobre "trends" dispara, apontando pistas para os planos e estratégias de 2016 and beyond

de tudo o que vi, decidi escolher aquela que eu - não só gosto mais - como acredito ser a próxima inovação com impacto significativo na nossa vida, os interfaces entre o corpo humano e a tecnologia, neste caso os biowearables, o momento em que "Tech Gets Skintimate"

a tecnologia biométrica já nos apresentou todo o tipo de wearables como roupa, pulseiras e smartwatches. Mesmo a ideia das tatuagens electrónicas não é propriamente nova (vejam por exemplo o artigo "Estará pronto para a Tatuagem electrónica?" do blog pplware) mas a qualidade de execução deste trabalho merece o meu destaque pela positiva

a empresa Chaotic Moon, com sede no Texas (EUA), está a desenvolver tatuagens de baixo relevo (temporárias) com tinta condutora para criar circuitos na pele capazes de recolher informações biométricas 


o protótipo actual tem a capacidade de monitorizar indicadores como a temperatura corporal e nível de stress de acordo com a transpiração e o ritmo cardíaco ou o nível de desidratação, e transmitir essa informação via Bluetooth para um smartphone na proximidade



para os mais nerds, curiosos ou quem quiser aprofundar o tema, outras companhias a estar atentos são a Google’s Viva Link, a SEEQ Monitors e a MC10

agora, basta usar a imaginação e pensar nas potencialidades deste produto e na imensidão de aplicações em todos - mas mesmo todos - os sectores!

coincidência - ou não - estou a ler o livro "The medium is the Massage" de Marshal McLuhan e Quentin Fiore, e fiquei curioso de saber qual seria a sua opinião a esta tatuagem! acho que parte da resposta passaria sem dúvida por aqui:


e por isso escrevi este post, porque acredito mesmo que os biowearable vão mudar muita coisa, mesmo muita

No comments:

Post a Comment